Desenvolvimento sustentável: por que os setores públicos devem se planejar?

 

As preocupações recentes com o meio ambiente nos colocam diante de novos desafios, onde é extremamente necessário pensar em alternativas renováveis e sustentáveis para nossas vidas. Não é somente na esfera pessoal que devemos repensar nossos hábitos, mas também nos ambientes que frequentamos, seja a trabalho, necessidade pessoal ou lazer.

 

Os setores públicos fazem parte da nossa vida em muitas dimensões e por isso que é necessário o investimento desse setor em desenvolvimento sustentável.

 

Como os setores públicos podem se planejar para um desenvolvimento sustentável?

 

Falar em desenvolvimento sustentável nos leva a pensar em algo futuro, dando a falsa sensação de que é algo distante da nossa realidade atual. No entanto, a verdade é que o desenvolvimento sustentável deve ser planejado a partir da atualidade, de modo a garantir um futuro saudável para as próximas gerações.

 

Os setores públicos possuem uma grande responsabilidade com essa questão e podem começar a se planejar através de medidas simples, que serão destacadas nesse artigo:

 

• Diminuição da produção de lixo: O lixo é um dos principais problemas da atualidade e que se apresenta como uma barreira a ser enfrentada para o desenvolvimento sustentável. O setor público tem uma grande responsabilidade quanto à produção do lixo, seja nos ambientes corporativos ou diretamente com a sociedade que depende dos serviços públicos;

 

É essencial que os setores públicos comecem a repensar na quantidade de lixo produzido e assim elaborar novas medidas para diminuir esses números. Seja o lixo individual (copos descartáveis) ou coletivo (materiais de escritório, produtos de limpeza), é fundamental diminuir o consumo elevado desses itens e usar somente o básico;

 

• Economia de água e energia: Sabemos que a economia de água não é uma preocupação recente e por isso devemos nos atentar aos desperdícios e fazer reuso sempre que possível. Os setores públicos devem elaborar um planejamento anual que inclua as práticas ambientais, juntamente com a economia de água e energia. Muitas regras domésticas valem para o setor público também, como desligar luzes e usar somente a água necessária, afinal, essa é uma conta que todos pagam;

 

• Reaproveitamento de materiais: Os setores públicos usam diariamente materiais administrativos que muitas vezes são descartados diretamente no lixo. A realidade é que muitos desses materiais podem ser utilizados mais de uma vez e até reaproveitados por meio da reciclagem. Materiais como papeis e caixas podem passar pelo processo de reciclagem e assim diminuir a produção de lixo e os custos com a compra de insumos;

 

• Ações de conscientização: As ações de conscientização são uma importante ferramenta na busca por um desenvolvimento sustentável. Muitas ações podem ser desenvolvidas, seja através de eventos ou ações simples, como cartazes e estabelecimento de metas mensais e anuais. Esse tipo de iniciativa inspira e reforça a importância de pensarmos em uma sociedade mais sustentável agora e no futuro;

 

• Atitudes individuais que beneficiam a coletividade: Não é necessário implementar grandes mudanças para se obter resultados positivos, pelo contrário, muitas ações de grande porte têm início com iniciativas pessoais. Quem trabalha no setor público deve buscar alternativas para ser sustentável e inspirar os demais a fazer o mesmo. Grandes mudanças podem começar por uma pequena atitude e é por isso mesmo que os servidores públicos devem se perguntar o que podem fazer a partir de hoje para garantir um desenvolvimento sustentável.

 

Fonte: Editores do Blog.

The post Desenvolvimento sustentável: por que os setores públicos devem se planejar? appeared first on .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *